SATIVA OU INDICA? ENTENDA A DIFERENÇA!

18/08/2017

Salve Maroleiros de plantão, suavidade?

Vamos falar hoje sobre um tema que eu particularmente gosto bastante de explicar: a diferença entre a maconha sativa e a indica.

Você já deve ter ouvido em alguma roda estas duas nomeações que definem a marola que você está fumando. Mas dai você me pergunta: mas qual a diferença da brisa das duas? Calma, calma... o post está começando agora. Mas chega de perder tempo, bora já pra explicação.

PRIMEIRAMENTE TAXONOMIA

Acho importante primeiro explicar ao fundo o tipo que vamos tratar aqui, e pra isso vou falar sobre taxonomia. Mas dai você se pergunta: QUE PORRA É ESSA?

Então vamos ao conceito: A taxonomia biológica é uma área da biologia direcionada ao estudo da ordenação e classificação dos seres vivos.

Mas o que isso tem haver com os tipos de maconha que vamos tratar aqui? Fácil, os tipos de maconhas são classificados especialmente por grupos taxonômicos, que são a Cannabis Indica e a Sativa, e não se enganem, pois as duas tem uma estrutura incompatível à outra.

E a Híbrida? Bem, a híbrida é a filha da fusão entre os tipos citados a cima, pois sua estrutura genética é diferente, além de poder ter variações pelas próprias condições climáticas e geográficas nas quais são cultivadas.

PRAZER, SATIVA!

Vamos lá, a sativa é bastante cultivada em regiões temperadas, e ela se da melhor neste tipo de ambiente, pois possui mais resistência mesmo quando está exposta a mudanças climáticas constantes.

Uma definição básica que podemos dar à Sativa é que é a erva que te deixa mais 'pra cima', mais alegre, mais animado, ou seja, te da aquele up, até por isso, a mesma é utilizada medicinalmente para tratamento de pessoas em depressão, transtornos de humor, déficit de atenção, e etc.

Ou seja, quando você fuma aquele beck que te deixa derrubado, que é o mais comum (risos), então ele não é sativa!

PRAZER, INDICA!

Nossa queridinha Indica, que é o tipo mais consumido pelo fato de ser a mais utilizada em prensados, em tese teve sua origem no Afeganistão. A mesma possui mais resistência a mudanças climáticas do que a Sativa, pois consegue suportar melhor a variação de temperatura.

Como suas características físicas, ela pode ser semelhante a um arbustinho e é a favorita para cultivar dentro de casa. Falando nisso, você está pensando em começar a plantar dentro ou fora de casa? Deixa eu te dar umas dicas antes, é só clicar aqui. Mas enfim, segue o baile...

Essa é a famosa erva relaxante, como eu citei a cima, aquele beck que você fuma e te derruba é um dos principais efeitos proporcionados pela nossa santa erva Indica. Por esse motivo, ela é muito utilizada no tratamento de pessoas que sofrem de insônia, muita ansiedade ou até mesmo dores musculares.

Bem, acho que é isso. Restou alguma dúvida? Manda pra mim que a gente resolve isso! Bom, chega de ler que é hora de apertar o f1! Boa brisa e até a próxima!